quinta-feira, 16 de abril de 2015

CASA DA LUZINHA VERMELHA (SERZEDELO DO MINHO)




Certo dia um grupo de amigos juntou-se em amena conversa e por entre cervejas, vinhos, conversas entabuladas, lá se decidiu ir para a famosa casa da "Luzinha Vermelha" em  Serzedelo do Minho. Casa de renome e com existência provada há mais de 85 anos a servir os seus clientes, era sem dúvida a casa mais badalada da Aldeia. 

Saímos de lisboa em direcção ao Metro de Corroios e lá apanhamos o comboio no Cais do Sodré em direcção ás Docas, perto da rotunda do relógio. Pelo meio e felizes da vida, ainda conseguimos ver ao longe, através do vidro da carroça (que o jumento do Carlos e o desgraçado do João empurravam com muita alegria) a Torre Eifel de forma imperial e esplendorosa em S. Domingos de Rana!

Foi só rir até chegarmos ao nosso destino! Uma placa na porta em grande estilo dizia: "CASA DA LUZINHA VERMELHA". 

Tocamos e a porta da roulote abriu-se repentinamente. Um policia ainda com as calças para baixo saía meio a cambalear.

-Boa noite! - Disse ele numa voz alta!
-Boa noite Sr.Agente! Dissemos nós em forma de canto gregoriano!
-O que é que fazem aqui!?? Tem cara que vem à procura de drogas!! Aiii os meninos!!Nunca paguem e comprem drogas a ninguém!!
-Certo Sr, Agente! São grátis?
-O quê?? 
-As drogas...?
-São!
-Ahhh...nesse caso, vamos entrar!

Entramos e reparamos que o cheiro nauseabundo pairava no ar. Ao fundo lá estavam as divas prontas a serem escolhidas por nós. Cada uma mais atraente que a outra!Estranhamos estarem todas sentadas maioritariamente e pouco se mexiam. Aproximei-me daquela que me pareceu ser a pessoa indicada e que controlava todas as outras. 

-Boa noite!
-Boa noite - Respondeu com uma voz cansada e que se arrastava.
-Quanto é o preço?
-O Preço?
-Sim...dinheiro...quanto é preciso...sabes...( Um pouco envergonhado para ir directo ao assunto...)
-Hummm....não sei bem...a segurança social só me dá 197,24€ por mês, que nem dá para os medicamentos. Tenho de fazer as contas. 
-Como?? - Respondi eu com cara de aparvalhado!

De repente vê-se a sair por uma porta, em passo apressado aquilo que parecia ser a Chefe de divisão dos Narcóticos de Serdezelo do Minho. Alta, morena,  com uma bata branca e um andar sedutor, lá veio a coxear até nós.

-Oiça lá!! Mas vocês os três estão doidos! Isto é uma casa de respeito!!Não se entra aqui assim e se mete conversa aqui com as nossas "meninas"!

Desatamos a rir...como é óbvio! Já estávamos também perdidos de bêbados.

-Mas nós estamos a respeitar as senhoras! -Dizia o Ricardo para a senhora.
-Mas o que é aquilo!!!! O seu amigo endoideceu!!?!?? Mas está tudo maluco!!

O carlos estava com as calças para baixo e ao que parecia estava a forçar a D. Amélia a fazer sexo oral ao mesmo. Ao lado o Sr. Fonseca parecia estar nas últimas, pois fartou-se de pedir a bomba de asma e o Carlos tinha-lhe dado um charuto cubano. Só gente louca!

-Carlos isso não se faz aqui na sala!!! Tens quartos lá em cima!!!

O carlos...na sua calma habitual, virou-se para trás, só com os sapatos beges calçados e uma meia de cada cor e naquele seu sorriso maravilhoso,  com  três dentes em cima e dois em baixo, soltou um grito arrepiante!

-Aiiiii que gostosa....

Pasmados com tamanha visão, o carlos tinha preso ao seu orgão erecto a dentadura da D.Amélia, que estava já em estado vegetativo há 7 anos. Coisas parvas que fazemos quando somos crianças. Todos a rir sem parar com tamanha situação, não sabíamos muito bem o que fazer. 

Nisto tudo a chefe da casa da luzinha vermelha, ligou, para o padre da paróquia, pois pensou que estávamos possuídos pelo demónio. Mas o padre aquela hora, estava no andar de cima com a falar no Skype com Goretii, uma brasileira de Rio Grande do Sul, que tinha acabado de ser coroada Miss Bum Bum. Um fartote!  A confusão que se fez foi tal, que gerou uma situação muito grave e de certa forma descabida. 

Fomos praticamente obrigados a sair. Saímos e cá fora passavam duas crianças nas suas bicicletas e qual não foi o nosso espanto ao ouvirmos de uma delas:

-Olha...mais três bêbados que entraram no Lar de Idosos de Serdezelo....

Só a nós....incrível!

2 comentários:

Claudia Dias disse...

isso aconteceu-te mesmo!? :P

Bruno Fernandes disse...

lololol!! Claro que não!! A minha imaginação é muito fértil!rsrs