terça-feira, 15 de março de 2016

MAU FEITIO OU PRAGMATISMO?


Dizia-me uma amiga há dias atrás:

-Bruno, não é que eu tenha mau humor. Não se trata disso. Há simplesmente coisas que eu não tenho paciência.
-Tipo o quê? 
-Olha, tipo essas perguntas de "Tipo o quê?" Mas tipo o quê o quê? É isso que me irrita! Se cada vez que me puser a explicar todas as questiúnculas interiores, mais vale abrir uma empresa de Auto-Ajuda! Não tenho paciência, sou pragmática e detesto andar aqui com nhé, nhé...nhé!
-Bom...é certo que seres pragmática tem os seus ganhos, mas tens que ter um jogo de cintura, senão vais parecer uma maria rapaz! Deitas cada olhar aos homens que mais parece que se um se aproxima estás já pronta a dizer: "Come and i will kill you". 
-Claro! Achas que tenho paciência para: "Então? És daqui?" ou "Gostava de te conhecer, és tão gira" ou whatever! Quando eles se aproximam já sei o que eles querem! Tu não gostas de ir a um bom rodízio de carne brasileira ou argentina? Porque a carne é boa não é!? Então...eu não sou estúpida! Sei muito bem como é que eles se aproximam, o que querem e como se comportam. 
-Mas há excepções! Nem todos os homens se aproximam porque te querem...comer!
-Ahhh não!?!? Vais dizer que no inicio não te aproximas-te por isso! Querem ver! Olha agora! Tu não és diferente dos outros! Podes escrever, jogar com as palavras de forma diferente, mas estás no mesmo pacote! E lobos em pele de cordeiro só enganam quem se deixa enganar!
-Tu falas assim e és assim, porque isso são as dores do amor. És aquilo que fizeram de ti. És feridas abertas, és fruto do que te provocaram. Deixas-te de acreditar, de confiar, de te entregar de outra forma. E como te magoaram agora dizes: " Sou mau feitio mesmo" ou melhor dizendo personalidade transformada. E já agora não me aproximei de ti para te levar para o bem bom...
-Tu tens a mania que levas sempre a melhor não é? 
-Não tenho essa mania  nunca tive! Confesso que sou um bocado moralista e menos pragmático, mas tu tens também de acalmar...dar oportunidade que as coisas aconteçam! Não podes simplesmente parecer a "Bruxa má" para toda a gente...ninguém é feliz sendo mal humorada, com mau feitio. Tu às vezes parece que és tipicamente bipolar! Ora estás bem, ora estás mal. 
-Estás enganado...não sou bipolar, sou duplamente feliz e acima de tudo sou como sou e não aquilo que os outros desejariam que eu fosse. 
-És? 
-Claro! Sabes porquê? Primeiro...estou aqui contigo na cama...em segundo lugar...daqui a 5 minutos quero outra dose melhor do que a primeira...e terceiro...não tenho paciência para filosofias baratas e conversas da treta. Quer, quer, não quer é a andar! Mau feito? Não! Pragmática! Saber viver é a melhor forma de estar na vida. E a maioria simplesmente vive sem saber viver. A maioria vive falsamente em teatros de karaoke.Teatros de vaidades, de vidas fingidas, de amores utópicos. Eu não sou assim. Eu faço da vida que há em mim, a vida que quero para mim. E isso sou eu! 
-És um bocadinho cabra não?
-Sou...mas agora cala-te e faz-me aquilo que o Zé fazia tão bem!
-O zé?
-Sim o Zé! Mas agora estás numa de interrogatório!?
-Calma...calma...ok...eu faço...
-O que é que o Zé fazia mesmo?

4 comentários:

Claudia Dias disse...

LOL, muito bom, adorei o final! :P

Andreia Morais disse...

Esse final ahahah

r: Infelizmente, acho que cada vez mais se veem pessoas assim!

Bruno Fernandes disse...

Andreia Morais e Cláudia, obrigado!

Andrea Ribeiro disse...

Adorei!