quinta-feira, 22 de setembro de 2016

PERDE-TE NO TEU SOFRIMENTO...PORQUE TU ÉS!


" Para suportar as aflições dos outros, todo o mundo tem coragem de sobra." - Benjamin Franklin


Não vejo a luz ao fundo do túnel...e que túnel é esse? Que fraqueza é esta? Para onde caminho? E porque nem a minha voz consigo escutar? Que grito ecoa no meu silêncio? Será de uma vida sonhada? Ou de uma morte anunciada? Que jornada a minha? A quem suplicarei? Que medida de peso colocaste em mim? Tudo está em silêncio. Vergo-me ao peso da minha vida...entrego-me...

Não me ajudes por favor! Não preciso do teu aval poético, da loucura da tua insensatez, do teu desejo soberbo. Não carregas as minhas dores! Não produzes as minhas lágrimas! Não entendes o meu grito! Nada sabes, pois não é o teu sofrimento que sangra...é a minha coragem que brilha! Não me omitas! Não me mintas! Não me traias! Não me sintas! Caramba!!! Eu sou!!!

Escuta o meu grito que nada te diz! Escuta este som onde danço e onde crio! Não por ti! Nunca por ti! Por mim! Deixa que carregue a minha pedra! Deixa que me crucifiquem na minha cruz! Deixa que ela me pese! Peço-te! Deixa que sinta! Não por ti! Nunca por ti! Porque eu sou!!

É a minha aflição, as minhas dores, a minha revolta, o meu desespero! Deixa que abrace o meu próprio sofrimento! Que semeie o pânico em mim! Não por ti! Nunca por ti!

É o meu castelo...despedaçado, solitário...em prantos...ainda assim...meu, porque eu sou! Eu sou! Que não entendas, que não partilhes, que não escutes, que não vibres, que te percas num olhar distante! Já te disse...eu sou! Não compres, não vendas, não faças pouco! Nada sabes, porque tu...tu não entendes...mas eu....eu sou! Eu sou!


Não me vergo a ti...não me vergo ao teu medo, à tua inconstância da vida, ao teu lamurio infernal que carrega a morte consigo! Nunca, jamais!!

Lamento...nunca o farei por ti...

-Tarde demais para viver...
-Não amigo! Cedo demais para morrer...porque eu sou!








Nenhum comentário: